Dólar opera em alta nesta segunda e passa marca de R$ 2,60

Curtir
Curtir Amei Haha Wow Triste Raivoso



O dólar abriu esta segunda-feira (8) em leve alta, repetindo o desempenho das duas sessões anteriores, mas à tarde ganhou força e passou a marca de R$ 2,60.

Às 16h29, a moeda norte-americana subia 0,76%, cotada a R$ 2,6130 na venda.

“O mercado está fraco, com pouco volume, o que é tradicional do final do ano”, afirmou à Reuters o gerente de câmbio da corretora Fair, Mário Battistel, lembrando que a indefinição sobre eventuais novas medidas econômicas que devem ser divulgadas pelo governo também fazia os investidores continuarem cautelosos.

A alta foi ampliada à tarde, segundo operadores, após uma grande operação de saída de dólares que ocorreu por volta do momento em que o petróleo Brent ampliou as perdas para queda de US$ 3 por barril, ainda refletindo a perspectiva de oferta abundante combinada com demanda fraca devido ao enfraquecimento da economia globa. 

“Num dia de baixo volume que nem hoje, qualquer operação acaba fazendo estrago”, disse à Reuters o superintendente de câmbio da corretora Intercam, Jaime Ferreira.

Cenário doméstico

O mercado ainda aguarda mais detalhes sobre quais medidas a nova equipe econômica tomará para enfrentar a inflação alta e crescimento baixo, além do futuro do programa de intervenções diárias do Banco Central no câmbio.

Joaquim Levy e Nelson Barbosa, indicados para assumir os ministérios da Fazenda e do Planejamento, respectivamente, já trabalham para mostrar novas orientações na condução da política econômica, com viés mais ortodoxo.

Na semana passada, uma indicação foi dada, ao adotar projeções do mercado para estabelecer metas fiscais futuras. 

Para 2015, a economia para pagamento de juros foi alterada a R$ 66,3 bilhões, ou 1,2% do Produto Interno Bruto (PIB), já descontados R$ 28,7 bilhões dos investimentos no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

O mercado de câmbio também estava aguardando sinais de como o BC tratará seu programa de intervenções diárias a partir do ano que vem, informou a Reuters. 

Até o final deste ano, a autoridade monetária oferece diariamente até 4 mil contratos de swaps cambiais, equivalente a venda futura de dólares.

Nesta manhã, o BC vendeu a oferta total de até 4 mil swaps cambiais, todos com vencimento em 1º de junho de 2015, com volume financeiro equivalente a US$ 198,6 milhões. 

Foram ofertados papéis para 1º de setembro de 2015 também, mas não foi nvendido nenhum. 

O BC também vendeu a oferta integral de até 10 mil swaps para rolagem dos contratos que vencem em 2 de janeiro, equivalentes a US$ 9,827 bilhões. 

Ao todo, a autoridade monetária já rolou cerca de 30% do lote total.

Na sexta-feira, a moeda norte-americana fechou cotada a R$ 2,5933, em alta de 0,14%. 

A divisa atingiu R$ 2,6110 na máxima do dia, mas voltou a operar em níveis mais baixos na última hora.


Fonte: G1

Curtir
Curtir Amei Haha Wow Triste Raivoso

Deixe Sua Opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.