O FIM: BAILE CARNAVALESCO VERMELHO E PRETO CHEGA AO FIM

Curtir
Curtir Amei Haha Wow Triste Raivoso
Está acontecendo algo um tanto que preocupante em Gravatá, pois o que é tradição está se extinguindo… Cito agora o exemplo do tradicionalíssimo baile Carnavalesco Vermelho e Preto que nesse ano de 2015 não haverá a sua edição, Por estar INTERDITADO o CDG Clube Desportivo Gravataense. Fatos estes extremamente lamentáveis, uma pelo único Clube Social, um patrimônio financeiro, histórico e cultural do povo de Gravatá e outra pelos seus munícipes estarem privados de lazer durante todo o ano. A exclusão no calendário de festas que são históricas e que fazem parte da cultura popular da cidade da nossa Gravatá.
O QUE NOS RESTA?

A SEMANA PRÉ- CARNAVALESCA! ISTO É, SENÃO ACABAREM!
É fato! Há muitos anos que o Carnaval de Gravatá só existia na semana que antecede os festejos de momo, tinha o baile vermelho e preto que abria, assim por dizer o pífio carnaval gravataense… Nesse ano, nem isso vamos ter! É uma grande falta de respeito o que fazem com o lazer de Gravatá, impedindo que o único clube volte a funcionar. Quando os que detêm o poder, não gostarem de festas, sejas elas quais forem, que não gostem, ora! Mas que isso não seja motivo de entravar uma cultura popular tão forte como o carnaval. Deve-se mais é respeitar toda uma tradição que tem na cidade e com seus habitantes. Não é apagando uma cultura tão viva como o carnaval, numa cidade do Brasil, que tinha um carnaval tão animado nos tempos ditos de outrora, como ocorria aqui na nossa cidade. E que agora, só nos resta lamentar e muito essa eterna quarta-feira de cinzas que foi transformado o carnaval em Gravatá.

Blog Visão Social ( Imagens cedidas por Dilsa Farias)

FONTE: Raminho Coiffeur | www.blogvisaosocial.com.br
Curtir
Curtir Amei Haha Wow Triste Raivoso

Deixe Sua Opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.