Policiais civis reclamam do valor das diárias e ameaçam não trabalhar neste Carnaval

Curtir
Curtir Amei Haha Wow Triste Raivoso


Dois dias depois que a corporação da Polícia Militar descartar a realização de uma greve às vésperas do Carnaval, o Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol) procurou o chefe da Polícia Civil, Antônio Barros, nessa sexta-feira (23), para reclamar do valor dos plantões que serão pagos durante o festejo e também ameaçam não trabalhar no Carnaval.

A princípio, a Secretaria de Defesa Social (SDS) havia anunciado que pagaria algo entre R$ 54 e R$ 120 pelos plantões de 24 horas no Carnaval. Nessa sexta, a SDS e a Secretaria de Administração reajustaram o valor para R$ 180 para um plantão de 12 horas.

O Sinpol reclama, porém, que o valor ainda não corresponde ao valor da hora extra trabalhada pelos policiais civis. Segundo o presidente do sindicado, Áureo Cisneiros, a palavra final sobre a atuação dos policiais civis no Carnaval será dada pela assembleia convocada pela categoria para a próxima quarta-feira (28).


Curtir
Curtir Amei Haha Wow Triste Raivoso

Deixe Sua Opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.