Interventor Mário Cavalcanti entrega Farmácia Popular revitalizada

Com a reforma, a unidade recebeu novos equipamentos e manutenção em toda rede elétrica e hidráulica

Curtir
Curtir Amei Haha Wow Triste Raivoso

O interventor de Gravatá, Mário Cavalcanti, acompanhado da secretária de Saúde, Adelaide Caldas, esteve nesta terça-feira (20), na Farmácia Popular de Gravatá, na Rua Dr. Amaury de Medeiros, no bairro da Boa Vista, para vistoriar e realizar a entrega da unidade após a revitalização. Foram investidos R$ 20,9 mil com recursos do SUS.

O prédio passou por reforma em toda estrutura, recebeu uma nova pintura interna e externa, troca de cabeamento da rede elétrica e manutenção na rede hidráulica, três condicionadores de ar foram substituídos, três ventiladores de teto foram instalados e a unidade recebeu sete novos computadores.

“Com o apoio que temos recebido do SUS e da Secretaria Estadual de Saúde, foi possível melhorar muito a saúde pública em Gravatá. Sabemos que os medicamentos são distribuídos nas Unidades de Saúde da Família, no Hospital e na Central de Abastecimento Farmacêutico (CAF). Mas aqui na Farmácia Popular, as pessoas conseguem adquirir medicamentos no preço mínimo. É muito gratificante chegar neste espaço e contar com um ambiente bonito, limpo, organizado e seguro. O bem-estar dos servidores e dos usuários é uma das qualidades para um bom atendimento”, enfatizou o interventor de Gravatá, Mário Cavalcanti.

Para a secretária de saúde, Adelaide Caldas, reestruturar a unidade da Farmácia Popular é muito especial. “Eu fico muito feliz em poder contribuir na melhoria da Farmácia Popular que para mim é muito especial, pois quando trabalhei no Ministério da Saúde, participei da implantação da primeira Farmácia Popular do Brasil, e eu sei o quanto é importante para a população, poder adquirir medicamentos com um baixo custo”, destacou.

Curtir
Curtir Amei Haha Wow Triste Raivoso

Deixe Sua Opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.