Prefeitura se reúne com empresários do ramo imobiliário e construção civil

O corretor imobiliário Ângelo Rabelo classificou como positiva a reunião.

Curtir
Curtir Amei Haha Wow Triste Raivoso
32

Empresários do ramo imobiliário reuniram-se com o prefeito Joaquim Neto para debater e apresentar projetos acerca da construção civil no município.

Nos últimos anos, as vendas no setor caíram devido a falta de investimentos na cidade e dificuldades enfrentadas como a burocracia que atingiam o investidor na hora de adquirir e legalizar um imóvel.

Antigamente, por ano havia uma média de 10 a 15 investimentos de grande porte em Gravatá, nos últimos anos houveram três, a queda foi gigantesca, mas já estamos sentindo o mercado reascender, é um novo tempo.” Disse Antônio Miranda, corretor e construtor imobiliário.

O prefeito abordou temas como IPTU, poluição visual devido ao alto número de outdoors de propaganda, crise financeira e estratégias para enfrentar os problemas, investimentos e projetos.

A crise financeira, hídrica e outros tantos fatores prejudicam a profissão de vocês, precisamos estruturar a cidade, investir no turismo para gerar receita, planejar para poder acompanhar e dar continuidade a cada investimento.” Disse o prefeito Joaquim Neto durante a reunião.

Joaquim apresentou medidas que já estão sendo executadas no município, como o Programa de Saneamento Ambiental – PSA Ipojuca, que irá valorizar os empreendimentos e melhorar a qualidade de vida da população, e ouviu sugestões e problemas enfrentados no dia a dia dos profissionais.

O corretor imobiliário Ângelo Rabelo classificou como positiva a reunião.

É a primeira vez que um gestor faz esse tipo de reunião que engloba os corretores sem favoritismo, precisamos estar alinhados com o que está acontecendo no município e os próximos projetos, assim passamos as informações para nossos clientes e nos ajuda a captar mais investidores no município.” Disse Ângelo.

Curtir
Curtir Amei Haha Wow Triste Raivoso
32

Deixe Sua Opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.